Publicidade

Lula expressa solidariedade à primeira-ministra dinamarquesa após ataque em praça pública

Presidente repudiou atentado contra Mette Frederiksen às vésperas das eleições do Parlamento europeu

09/06/2024 às 01h23 Atualizada em 10/06/2024 às 09h09
Por: Redação
Compartilhe:
Lula expressa solidariedade à primeira-ministra dinamarquesa após ataque em praça pública

Lula e Mette Frederiksen (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

247 - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manifestou solidariedade à primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, neste sábado (8), após a líder dinamarquesa sofrer um ataque em uma praça de Copenhague, capital do país. A agressão ocorreu na sexta-feira (7/6), e o agressor foi imediatamente detido pela polícia local.

Em sua conta na rede social X (antigo Twitter), Lula lamentou o episódio violento. "Quero expressar minha solidariedade à primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, que foi atacada em uma praça de Copenhague dias antes do pleito eleitoral do Parlamento Europeu. Não podemos permitir que comportamentos criminosos como este, que colocam em risco a vida das pessoas por mera discordância política, sejam a regra no mundo. Do Brasil, estendo minha solidariedade à Mette Frederiksen e a todo povo dinamarquês", declarou o presidente.

A polícia dinamarquesa informou que o agressor foi preso logo após o incidente, mas não divulgou mais detalhes sobre o ataque ou as motivações do agressor. A investigação do caso está em andamento.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.