Publicidade

VÍDEO: Em ato flopado, comentarista da Jovem Pan diz que Moraes é criminoso: “Temos que prendê-lo”

Bolsonaristas na Paulista neste domingo (9). Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

10/06/2024 às 10h07 Atualizada em 10/06/2024 às 17h31
Por: Redação Fonte: DCM
Compartilhe:
VÍDEO: Em ato flopado, comentarista da Jovem Pan diz que Moraes é criminoso: “Temos que prendê-lo”

Com um público reduzido devido à falta de apelo popular, os deputados bolsonaristas Carla Zambelli (PL-SP) e Marcel van Hattem (Novo-RS) promoveram um ato da extrema-direita na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (9). Mesmo diante de poucas pessoas, o playboy  e comentarista da Jovem Pan, Marco Antônio Costa, subiu ao trio elétrico para imputar crimes ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).


“Criaram um Centro Integrado de Combate à Desinformação e Defesa da Democracia?”, questionou o bolsonarista ao seu público. “Alexandre de Moraes, isso é crime. Você é um criminoso”, disse Marco Antônio no ato.

Um dos principais divulgadores da manifestação flopada para pedir o impeachment do presidente Lula (PT) por motivos mal explicados, o jornalista argumento que “essa mobilização foi feita do povo para o povo e vai continuar assim. Os políticos que quiserem aderir, todos serão bem-vindos, porque a pauta é única: ou a gente prende os criminosos de Brasília, ou eles prende a gente”.

No vídeo divulgado por páginas de extrema-direita, também chama atenção o ângulo da filmagem. O cinegrafista precisou gravar de cima da cabeça de Marco Antônio para ter um ângulo mais fechado e não mostrar a ausência de público na avenida Paulista.


Além de apoiadores de Zambelli, as entidades que calculam a quantidade de manifestantes esqueceram de ir ao ato, por isso não há estimativa de público.

Famoso por declarações negacionistas, Marco Antônio ganhou notoriedade por afirmar, por exemplo, que fascismo e nazismo são fenômenos políticos de “extrema-esquerda”. No delírio durante um debate, ele disse até que Augusto Pinochet, ditador do Chile responsável pela implementação do neoliberalismo, também não seria de direita, arrancando o riso do jornalista Fábio Piperno.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.