Publicidade

FOGO NO PARQUINHO: Allan dos Santos diz que Carlos Bolsonaro tem "problema mental" e deveria ficar "calado": "Cresça"

Filho de Bolsonaro atacou extremistas que aderiram ao ato convocado por Marcel Van Hattem e Carla Zambelli pedindo impeachment de Lula e Moraes. Crítica rachou a extrema direita e blogueiro partiu pra cima.

10/06/2024 às 20h10 Atualizada em 12/06/2024 às 05h32
Por: Redação Fonte: Revista Fórum
Compartilhe:
FOGO NO PARQUINHO: Allan dos Santos diz que Carlos Bolsonaro tem "problema mental" e deveria ficar "calado": "Cresça"

Carlos Bolsonaro e Allan dos Santos.
Créditos: Câmara RJ / Rede X

Por Plinio Teodoro

Foragido nos Estados Unidos, onde obteve aval de Elon Musk para driblar a suspensão judicial em seu perfil na Rede X, o blogueiro Allan dos Santos resolveu botar fogo no parquinho e partiu para cima de Carlos Bolsonaro (PL), que mandou indiretas a participantes do ato esvaziado deste domingo (9) na Avenida Paulista que pedia o impeachment de Lula e do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O clã Bolsonaro não aderiu ao ato convocado pelos extremistas Marcel Van Hattem (Novo) e Carla Zambelli (PL-SP).


Nos discursos, o advogado Sebastião Coelho, que faz a defesa dos golpistas de 8 de janeiro, e o jornalista Marco Antônio Costa - uma espécie de novo Allan dos Santos - atacaram duramente Moraes, que foi classificado como criminoso.


Nesta segunda-feira (10), Carlos Bolsonaro expôs o racha na extrema direita fascista ao criticar "um movimento que quer substituir o outro pisando na cabeça dos que se doaram e se doam para que inclusive eles chegassem até aqui".

O filho "02" de Bolsonaro e aliados próximos vêm atacando os aliados tanto na extrema direita, como os organizadores do ato na Paulista, quanto ao Centro, como o governador Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), que tem trocado afagos com setores da chamada "terceira via".

Após atacar os aliados que flertam com a "direita sensata" - como ironizou -, o vereador partiu pra cima dos aliados mais radicais.

"É cristalino e triste. Todos poderiam crescer e o Brasil agradeceria, entretanto essa estratégia suja não é digna de quem tem caráter para substituir. Trata-se somente de se colocar no jogo e ser aceito pelo sistema. Simples e baixo", alfinetou, gerando ira em parte da horda bolsonarista mais radical.


Allan dos Santos, no entanto, não deixou barato e mandou Carlos Bolsonaro ficar calado.

"O Carlos Bolsonaro deveria ficar calado. Falar merda do Sebastião Coelho e do Marco Antônio Costa na altura do campeonato é atestado clínico de problema mental. Estamos todos em uma tirania, ele inclusive. Cresça, Carlos Bolsonaro", disparou o blogueiro em seu perfil dos EUA, que não é visível aos usuários do X no Brasil.

"Não é de hoje que fala merda de quem quer ajudar o país e ajudar o pai dele, inclusive", emendou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.