Publicidade

ESCULHAMBANDO OS FASCISTAS : Renato Rovai bota MBL para correr no Recife; vídeo

Integrantes do grupo de extrema direita tentaram intimidar editor da Fórum em lançamento de livro, que os repeliu. “Você é um vagabundo, faz o que da vida?”, questionou Rovai

07/07/2024 às 09h51 Atualizada em 08/07/2024 às 03h56
Por: Redação Fonte: Revista Fórum
Compartilhe:
ESCULHAMBANDO OS FASCISTAS : Renato Rovai bota MBL para correr no Recife; vídeo

Renato Rovai, editor da Fórum, põe fascista do MBL pra correr no Recife.
Créditos: Revista Fórum

Por Henrique Rodrigues

O jornalista Renato Rovai, editor-chefe da Fórum, colocou integrantes do grupo de extrema direita MBL para correr durante um evento no qual lançava seu livro, “Como Derrotar o Fascismo”, numa livraria do Recife (PE), na tarde deste sábado (6). Rovai estava no café antes de começar o ato de lançamento, acompanhado de sua esposa e do filho de 10 anos, conversando com leitores, quando um sujeito do bando liderado por Kim Kataguiri e Arthur do Val surgiu no estabelecimento de celular na mão para fazer os famosos escrachos. O problema é que a coisa se desenrolou de forma diferente daquela esperada pelos meninos da “gangue”, como definiu o chefe de redação de um dos maiores portais jornalísticos progressistas do Brasil, com dezenas de milhões de acessos e visualizações mensais.

“Olha só, esse cara é do MBL. Eles são os acusadores do padre Julio [Lancellotti], que estão difamando o padre Julio... Que querem incriminar uma pessoa que é tida como um ‘santo’ em São Paulo... Você não tem vergonha na cara, rapaz?”, começou dizendo Rovai ao militante do grupelho neofascista.


“Eu não tenho medo do MBL”, continua Rovai, no momento em que é interrompido pelo integrante de extrema direita que pergunta se ele “pedirá desculpas por ter chamado o grupo de ‘gangue’”.


“É uma gangue, de vagabundos como você! Não gostou? Então me processa. Você é um vagabundo, você faz o quê? Eu sou um doutor em comunicação, e você faz o quê? Você é um bosta! E eu não tenho nenhum problema de falar na sua cara que você é um bosta”, continuou reagindo o jornalista diante de um rapazote agora constrangido e encabulado, que substituiu a figura de “valentão” do início da intimidação.


Por fim, Rovai ainda explicitou o modus operandi de grupos como o MBL e ofereceu um pedaço de sua empada ao “cinegrafista”, a quem também nomeou como vagabundo.

“Eu tô comendo uma empada, você quer, vagabundo? O meu nome é Renato Rovai, e você? Você faz o que além de fazer putaria para o MBL? Além de fazer putaria para o MBL, você faz o quê? Além de viver nessa luta fascista, canalha, vagabunda e corrupta, e vocês são corruptos, você faz o quê? Vocês são corruptos! E eu democraticamente estou dizendo isso para você”, completou o autor da obra que versa justamento sobre o combate a fascistas como os integrantes do MBL em questão.

Como sempre acontece, os militantes do grupo extremista foram levantando o tom de voz ao serem convidados a se retirarem da livraria por seguranças, e seguiram com um “showzinho” enquanto eram expurgados do local. A tarde de autógrafos seguiu normalmente.

Veja o vídeo:

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.